terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

from far away... de long...

pela mão dum querido amigo,
numa semana em que os meus projectos e sonhos levantam voo...
se eu acreditasse em telepatia, diria que ele sentiu;
se não acreditasse que as pessoas sentem o que as outras sentem... diria que não valia a pena
ter amigos e ser gente...
Digo, duma forma ou de outra: que o sangue não é tão forte como dizem... há coisas tão fortes como a família
e há famílas que crescem sem nascer umas das outras...
by the hand of a dear friend,
on a week when my projects and dreams begin their flight...
if i believed in telepathy i would say he felt it;
if i didn't believe that people feel what others feel, i'd say
it wasn't worth having friends and being us...
U do say, onee way or the other: blood isn't as strong as they say...
some things are just as strong as families
and some families are grow without being born from eachother...

thanks Bro!

7 comentários:

raining sheep disse...

How nice. I love her.

Elisa Bernarda disse...

Que boneca bonita, mas mais bonitas são as tuas palavras, fico mutio feliz por te ter conhecido, és uma pessoa muito sensível e muito bonita por dentro.
Beijinho

Ana disse...

[sem palavras...mas às vezes não são precisas, pois não??? e quando são... sabes que estamos aqui...na confusão e loucura das famílias... e na paz, tranquilidade e compreensão que muitas vezes as verdadeiras (famílias) não nos conseguem dar ...yours truly...]

Owl_mania disse...

lindo como tu!
;)

Libelinha☆ disse...

E eu aos poucos começo a conhecer-te... Espero um dia sentir essas tuas palavras... Pois também acredito nesta família sem laços de sangue... Que muitas vezes parece mais perto que a própria família!...

Beijinhos ;P

alexa disse...

Lindo texto, Zélia! Subscrevo em pleno o que dizes. E a boneca é um amor :)

Núria Madurell disse...

Oi Zélia, eu estou muito contenta do fim de semana que aconteceu.... você tem coisas bonitas em seu blogs.
Beijos i obrigada por tudo!!