quarta-feira, 27 de agosto de 2008

La Teta... to give the breast is to give life...

5 comentários:

sara disse...

Obrigada por estes posts, comoveram-me e deram-me muita força!
Mãe de uma alegre menina que aos 15 meses ainda mama (e adora!), revejo-me nas dificuldades que as recém-mães sentem ao iniciar a amamentação. Durante a gravidez li tudo o que havia para ler sobre o assunto, fiz perguntas a quem sabe, até assisti a uma aula sobre amamentação. Tudo isso me ajudou, mas quando chegou a hora “h” foi mais difícil do que imaginava.
O que fiz? Deixei-me guiar por ela: mamou o que quis e quando quis, mesmo se me doíam os mamilos e tinha sono e mesmo se as vozes ao meu redor me diziam para cumprir horários de 3 em 3 horas e por aí. É preciso disponibilidade e muita perseverança, pelo menos foi assim no meu caso. Com o tempo colhem-se os frutos…
Agora que a minha filhota está mais crescida e já anda, dança e diz umas coisas, oiço coisas como “Ainda mama?! Vai mamar até aos 18 anos?”.
Mas cada vez que dou de mamar e sinto o quanto ela gosta… decido que ela é que sabe!
Hoje em dia enquanto mama faz-me festinhas e quando percebe que vai mamar por vezes até dá uma gargalhadinha que me enche de alegria. Decidi portanto que, tal como no início, será ela a guiar-me...

Uma vez mais, obrigada!

Kaylovesvintage disse...

just beautiful,love it

Luísa disse...

LINDO!!!
Obrigada, estava precisar de ver uma coisa bonita hoje.
beijo grande

Rosa disse...

Que LINDO, Z, não conhecia! A A. já está aqui aos pulos a pedir para ver outra vez :)

Chuva disse...

Tão lindo!!!
Enche o coração e a alma. Faz abrir um sorriso grande.
Obrigada pela partilha de algo tão belo.